Início Matérias Mercado Descubra a estratégia por trás do Data-Driven Marketing

Descubra a estratégia por trás do Data-Driven Marketing

Para conseguir os melhores resultados, o Data-Driven Marketing deve ser implementador a partir de uma mudança de cultura e processos

Com o movimento digital, toda empresa em evolução tem como objetivo atrair novos clientes e fidelizá-los por meio de novas experiências de consumo, a fim de gerar mais receita com seus negócios. E como o marketing pode auxiliar nesse processo?

O marketing atua justamente para provocar engajamento, propondo e executando etapas em uma longa jornada. Entretanto, esse caminho se tornou um pouco mais rápido com o mapeamento de dados ou consumer insights, como ficou conhecido o processo de coleta de informações relevantes usado pelas empresas. Dessa forma, é possível obter uma compreensão mais profunda e detalhada sobre como a sua audiência se comporta e quais são seus interesses.

E foi a partir disso que surgiu o Data-Driven Marketing, uma nova forma de trabalhar a comunicação de maneira mais assertiva por meio do uso de inteligência artificial e os dados coletados. O principal objetivo dessa estratégia é potencializar a eficiência do marketing, atingindo, inclusive, um melhor ROI (Retorno Sobre Investimentos).

Data-driven marketing é o futuro

Estamos na era da informação; nela, é cada vez mais comum as empresas usarem uma estratégia de humanização para que o consumidor se identifique com o trabalho que é realizado ou com o produto oferecido.

Nesse sentido, os dados podem apontar uma tendência referente ao mercado. É essa a principal orientação do Data-Driven Marketing, que se baseia em indicadores mensuráveis do comportamento do público-alvo. O método é aplicado de forma gradativa, um passo de cada vez, para que as informações sejam mais assertivas. Para isso, é necessário definir:

1. Os objetivos;
2. As métricas que serão avaliadas;
3. Como as métricas serão extraídas e apresentadas;
4. Quando as métricas serão analisadas;
5. Comece o ciclo: analise e tome as decisões;
6. Acompanhe: Ajuste as métricas até ficarem perfeitas e recomece;
7. Recomece.

Com a implementação dessa cultura, a empresa passa a criar estratégias de marketing com menores riscos, de forma inteligente, prática e objetiva. A tecnologia é fundamental para essa transição e para deixar a marca em evidência no mercado competitivo.

Leia mais: Networking é essencial para carreira e negócios. Entenda!

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu Comentário
Por favor coloque seu nome aqui

MAIS LIDAS DA SEMANA

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!