Início Matérias Gourmet Você sabe como identificar um chocolate de qualidade?

Você sabe como identificar um chocolate de qualidade?

Consultamos um especialista para entender como avaliar os atributos do chocolate e como cada um influencia no sabor que chega a nossa boca

Chocolate – não precisa falar mais nada, não é mesmo?! Difícil (para não dizer “impossível”) achar alguém que não goste. Mas, mesmo sendo tão bom e agradando a (quase) todos, ainda é possível classificá-los quanto a sua qualidade – o que não faz, contudo, que um de baixa qualidade não possa ser gostoso.

chocolate (2) | Foto: Pexels/Reprodução
Chocolates | Foto: Pexels/Reprodução

Se não é só nossa predileção a determinado tipo que faz dele bom ou não, como fazer essa avaliação? De acordo com Mário Biagi Carvalho, sócio proprietário da Le Bonbon, especializada em chocolates especiais, antes de analisar o produto, é necessário avaliar as condições de plantio, colheita e manuseio do cacau.

“É muito improvável que um cacau de baixa qualidade se torne um chocolate de alta qualidade; por outro lado, um cacau excelente pode não produzir um bom chocolate se não for processado corretamente. A qualidade estará sempre relacionada à matéria-prima utilizada e ao processo de fabricação do produto final”, explica o especialista.

Atualmente, é comum encontrar chocolates que indicam origem controlada, ou seja, possuem DOC (Denominação de Origem Controlada), uma certificação que garante sua qualidade desde a lavoura do cacau até a produção das barras.

Além da procedência dos ingredientes utilizados terem forte influência, o processo de fabricação também é importante, especialmente nas etapas de refino e mistura, as quais proporcionam a textura fina e sem arenosidade, a cremosidade e o arredondamento do sabor.

Um bom chocolate tem…

Quanto às características de um chocolate de alta qualidade, Carvalho indica que devemos observar sua aparência, que deve ser homogênea e brilhante. “O aroma, por sua vez, não pode ser muito adocicado. Importante notar ainda como o chocolate se comporta em contato direto com nossas mãos: quanto mais manteiga de cacau tiver, mais rápido será seu derretimento. Por último, e não menos importante, vem o paladar. Um chocolate de boa qualidade deve derreter na língua e seu sabor deve preencher toda a boca. Um chocolate de boa qualidade é aquele que o sabor persiste”, ensina.

Já que nem sempre é possível provar antes de comprar, é interessante ler os rótulos e as informações dos ingredientes, que são listados de acordo com a porcentagem que estão presentes no produto – o que aparece primeiro é predominante, seguido pelos demais, em ordem decrescente. “Massa de cacau e manteiga de cacau são indispensáveis em um bom chocolate, então devem aparecer no início da lista”, ressalta o especialista.

chocolate (2) | Foto: Pexeels/Reprodução
Chocolate ao leite, meio amargo e branco | Foto: Pexeels/Reprodução

A classificação dos chocolates é derivada justamente da quantidade de massa de cacau presente em cada um: amargo, meio amargo, ao leite e branco. A manteiga de cacau, por outro lado, é mais presente nos tipos mais gordurosos, como o branco e o ao leite. Sendo assim, quanto maior o teor de cacau, maior o amargor e mais intenso é o sabor do chocolate, já que é adicionado mais cacau, menos açúcar e menos leite na receita.

Leia também: Café tradicional, gourmet e especial: saiba como diferenciar

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu Comentário
Por favor coloque seu nome aqui

MAIS LIDAS DA SEMANA

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!