Início Matérias Saúde É seguro voar na pandemia? Veja as novas medidas de segurança

É seguro voar na pandemia? Veja as novas medidas de segurança

Empresas aéreas brasileiras se uniram em movimento inédito a fim de orientar as orientações de segurança para que seja possível voltar voar durante a pandemia

Diante da conjuntura desafiadora imposta pelo coronavírus, as companhias aéreas Azul, GOL, LATAM e VOEPASS se uniram para reforçar o compromisso com a segurança e a saúde dos clientes. Assim, a ideia é que todos sintam que é possível voar na pandemia.

“Iniciativas individuais, nesse momento, só vão atrasar a recuperação do setor. Temos de pensar de forma sistêmica. E o avião é certamente o lugar mais seguro para estar, quando o cliente não está em casa”, defende Paulo Kakinoff, CEO da GOL.

Além disso, algumas outras ações fazem parte da proposta. Entre elas, está a gratuidade no transporte aéreo dos profissionais de saúde que precisam se locomover para tratar os doentes da Covid-19.

“São seis meses desde que mudamos totalmente a nossa forma de voar. Se o avião já era o ambiente mais seguro entre todos os meios de transporte, neste ano, ele ficou ainda mais”, enfatiza Jerome Cadier, CEO da LATAM Brasil.

Conheça a seguir os procedimentos adotados por essas companhias para que o processo de recuperação do setor aéreo brasileiro seja consciente, responsável, próspero e, principalmente, seguro.

Embarque

  • É possível realizar todas as etapas da viagem usando o celular ou o tablet. Isso inclui a compra da passagem, o check-in e o próprio embarque. Mas, se por algum motivo não for possível, todas as medidas de segurança são tomadas para o atendimento presencial;
  • Medidas extraordinárias foram adotadas a favor dos clientes e dos colaboradores, como: distanciamento nas filas, incorporação de proteções de acrílico no check-in, desligamento de totens e uso de adesivos para demarcar a distância mínima durante o processo de embarque. As salas VIP dos aeroportos também foram fechadas;
  • A utilização de máscaras é obrigatória para todos, exceto crianças com menos de 2 anos e pessoas com necessidades especiais ou deficiência cognitiva;
  • Medição de temperatura dos tripulantes antes do início de cada turno de trabalho.

Durante o voo

  • Nos voos, há álcool em gel à disposição para a higienização das mãos;
  • As aeronaves são equipadas com o sistema de filtro de ar de alta eficiência HEPA, que promove a troca total do ar de toda a cabine a cada três minutos. Ele filtra 99,97% das partículas nocivas, como vírus e bactérias;
  • Na hora de voar, o uso do entretenimento é feito no próprio smartphone, tablet ou laptop, sem necessidade de toque em telas coletivas.
  • Possibilidade de os passageiros se acomodarem com maior distanciamento a bordo, de acordo com a sua preferência e disponibilidade de assentos na aeronave.

Desembarque

  • Os comissários solicitam que todos os clientes permaneçam sentados e organizam a saída por fileiras, começando pelas poltronas dianteiras e seguindo em direção ao fundo da aeronave. Essa medida elimina a aglomeração natural que acontece no momento da saída.
  • Foram implementadas medidas adicionais de limpeza e higienização dos aviões durante as paradas em solo e pernoites.
  • O serviço de bordo passou a ser realizado no desembarque do voo para garantir a utilização da máscara durante toda a viagem.

Leia também: Gente que cuida: livro revela as histórias dos heróis da pandemia
Assista: A Perplan apresenta “Ribeirão em minha vida” com Mariana Jabali

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu Comentário
Por favor coloque seu nome aqui

MAIS LIDAS DA SEMANA

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!