Início Matérias Saúde Vacinação Covid-19: tire suas dúvidas de uma vez por todas!

Vacinação Covid-19: tire suas dúvidas de uma vez por todas!

A infectologista Dra. Karen Mirna Loro Morejón responde às perguntas mais frequentes sobre a vacinação contra Covid-19, enviadas ao Mundo Zumm

Discussões e dúvidas em relação à vacinação contra a Covid-19 surgem a todo momento. Um dos muitos motivos é, especialmente, porque as vacinas contra o novo vírus foram desenvolvidas em tempo recorde (compara àquelas criadas a outras doenças). E também é certo que muitas perguntas ainda cercam a doença.

Mas para muitas questões já existem respostas. Por isso, consultamos a infectologista Dra. Karen Mirna Loro Morejón, que respondeu as perguntas mais comuns entre quem está prestes a tomar a vacina ou até que já se vacinou. Confira:

“Posso tomar a vacina contra a Covid-19 junto com a da gripe?

É recomendado um intervalo de 14 dias entre qualquer vacina e a vacina contra Covid-19. Dessa forma, esse tempo deve ser respeitado para a vacina da gripe também.

Quem está com sintomas de gripe pode tomar a vacina?

Nenhuma vacina, incluindo a vacina contra a Covid-19, deve ser aplicada em vigência de quadro infeccioso [quando há qualquer sintoma de infecção].

Quanto tempo a vacina demora para fazer efeito?

O tempo pode variar de acordo com o tipo da vacina. Porém, normalmente após 14-21 dias, o corpo já começa a produção de anticorpos.

Quem já teve Covid-19 precisa ser vacinado?

Sim! A aplicação da vacina deve ser feita mesmo se a pessoa já teve a doença. Ter a infecção do vírus não confere imunidade permanente; ou seja, a pessoa pode ter nova infecção pelo SARS-Cov2.

“É possível transmitir o vírus depois de ser vacinado?”

Nenhuma vacina tem 100% de eficácia. Portanto, pessoas vacinadas podem sim se infectar e transmitir o vírus.

“Grávidas podem tomar a vacina?

De acordo com a última recomendação do Programa Nacional de Imunizações, podem ser vacinadas gestantes com e sem comorbidades com as vacinas Coronavac ou Pfizer. A orientação atual é que se evite vacina de vetor viral, como a AstraZeneca/Fiocruz.

Leia mais: Vacina para pacientes com câncer: tire suas dúvidas

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu Comentário
Por favor coloque seu nome aqui

MAIS LIDAS DA SEMANA

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!