Uma trajetória de liderança

Presidente do Conselho de Administração do Magazine Luiza, Luiza Helena Trajano é um símbolo do empreendedorismo feminino nacional. Além de ser responsável pelo salto de inovação e crescimento que colocou a gigante varejista entre as maiores do Brasil, a CEO coleciona títulos e premiações como empresária, mulher e líder

Primeira colocada no Top Influencer do LinkedIn brasileiro em 2019 e eleita a Personalidade do Ano de 2020 pela Câmara do Comércio Brasil-EUA, Luiza Helena Trajano afirma que colocar as pessoas em primeiro lugar, atitudes empreendedoras, inovação e criatividade são alguns dos conceitos que sempre direcionaram sua trajetória. Atualmente, é também Presidente do Grupo de Mulheres do Brasil e conselheira em 16 entidades, como o IDV (Instituto para Desenvolvimento do Varejo), a FIESP (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) e o Grupo Consultivo do Fundo de População da ONU no Brasil. Nascida em Franca (SP), é ainda a única executiva brasileira na lista global do WRC (World Retail Congress).

Na entrevista a seguir, ela conta detalhes de algumas de suas conquistas e o que a mantém no topo do mundo corporativo por anos consecutivos.

Mariana Campos: A senhora é uma inspiração para empreendedores do país inteiro, especialmente as mulheres. Como avalia a participação feminina nos cargos de liderança hoje?
Luiza Helena Trajano: Temos mais líderes mulheres, mas ainda existe muito a conquistar, até porque a mulher é a grande responsável pela escolha dos itens de consumo da família. E mais: as características que são associadas às mulheres estão muito mais adaptadas à nova realidade orgânica de administração das empresas.

Luiza Helena Trajano, dona das lojas Magazine Luiza | Foto: Divulgação

M.C.: Mesmo em um ano tão difícil, a senhora foi eleita ‘A’ Personalidade do Ano de 2020 pela Câmara do Comércio Brasil-EUA. Qual a importância de ser reconhecida com um título como esse?
L.H.T.: Fiquei muito honrada. Fui eleita antes da pandemia e participaria de uma cerimônia em abril, em Nova York, para a entrega do título. Cada homenagem e reconhecimento só aumentam a minha responsabilidade. Até recentemente, esse prêmio era chamado de “Homem do Ano”, pois sou apenas a segunda mulher a receber tal reconhecimento.

M.C.: Além do sucesso do e-commerce, quais foram as estratégias criadas pelo Magazine Luiza durante a pandemia?
L.H.T.: Tivemos muitas ações para cuidar das pessoas. O sucesso do nosso e-commerce é fruto de um modo de pensar – o digital – que orienta nossas estratégias. O pensar digital não é só o e-commerce, um site ou aplicativo; é uma forma de pensar simples, de facilitar processos e de integrar pessoas. Tudo isso já havíamos trabalhado antes da pandemia, mas fortalecemos nesse período.

M.C.: Colocar as pessoas em primeiro lugar, atitudes empreendedoras, inovação e criatividade são alguns dos conceitos que sempre adotou e usou para incentivar sua equipe. Acredita que esse foi o motivo pelo qual o Magazine Luiza está no ranking, há mais de duas décadas, das “Melhores empresas para se trabalhar”?
L.H.T.: Também em 2020, o Magazine Luiza foi eleito a segunda melhor empresa do Brasil para se trabalhar e a primeira do varejo. No verso do nosso crachá está escrito: “faça aos outros o que gostaria que fizessem a você”. Isso sempre nos guiou, está na nossa cultura. Sempre entendemos que duas coisas fazem a diferença em uma empresa: inovação e criatividade. Por isso, sempre demos liberdade para a equipe exercitar essas características.

M.C.: Seu engajamento com as causas sociais também sempre se destacou. Acha que após a pandemia as responsabilidades social e ambiental das empresas ganharão mais valor?
L.H.T.: Sim! Haverá um aumento de clientes observando as ações das marcas. Nós sempre agimos baseados na nossa cultura e por acreditarmos que podemos fazer a diferença primeiro com nossa equipe; depois, temos obrigação de fazer para a sociedade. E temos certeza que o número de empresas a ampliar seu olhar sobre esses assuntos será muito bom para o Brasil.

Luiza Helena Trajano, discursando no World Economic Forum on Latin America 2018 | Foto: Benedikt von Loebell

M.C.: A senhora costuma dizer que o marketing “está no sangue da família”. Durante a trajetória do Magazine Luiza, quais foram as ações mais importantes para o crescimento do grupo?
L.H.T.: Digo isso porque, quando minha tia Luiza comprou a loja “A Cristaleira”, em Franca, ela promoveu um concurso na rádio da cidade para trocar o nome da loja. Mesmo sem ter dinheiro para isso, ofereceu um prêmio ao nome vencedor, que foi Magazine Luiza, pois ela já era uma vendedora conhecida na cidade. Foram muitas ações importantes para o crescimento, cada uma a seu tempo, mas nunca focamos no objetivo de ser o maior. Fazemos nosso trabalho diariamente, buscando ações inovadoras, geração de emprego e crescimento, respeitando sempre os nossos valores.

M.C.: Com um passado cheio de vitórias, o que podemos esperar do futuro?
L.H.T.:
Estou dividindo meu tempo entre os conselhos de entidades que visam ao fortalecimento de nosso país em diversas áreas e a presidência do Grupo Mulheres do Brasil, o qual já tem mais de 70 mil mulheres, que estão formando o maior grupo político apartidário do país, focando em diversas causas que precisam avançar por aqui. Acreditamos que somente com a sociedade civil organizada é possível pressionar para que ocorram várias mudanças estruturais necessárias. Inclusive, convido as mulheres a entrarem no grupo; todas as interessadas podem participar. Basta acessar o site wwww.mulheresdobrasil.org.br e conhecer nossas causas.

Comente a Respeito

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu Comentário
Por favor coloque seu nome aqui

Rede Social

11,659FãsCurtir
28,890SeguidoresSeguir

Muito +

Hard Rock Cafe abre suas portas em Ribeirão Preto

Dezembro é o novo mês do rock, pelo menos em Califórnia brasileira. A maior e mais antiga rede de restaurantes temáticos no...

Como escolher uma empresa de aparelhos auditivos?

É essencial buscar por lugares idôneos e comprometidos em prover os recursos tecnológicos da forma correta e com o devido acompanhamento profissional

50 anos de uma história bem vivida

O curso de Educação Física da Unaerp, fundado em 1970, forma gerações de professores e profissionais competentes e capazes de atender às...

Empresas precisam encontrar novos caminhos para chegar ao público

Em tempos de crise, os negócios e as marcas que souberam reinventar suas ações de marketing conseguiram manter o engajamento e alavancar...

Drinks com champagne

Primeiro espumante do mundo a ser criado para mixologia, o Veuve Clicquot Rich é perfeito para criar composições refrescantes
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!