Início Matérias Educação Projeto de Ribeirão Preto insere alunos em ecossistema inovador

Projeto de Ribeirão Preto insere alunos em ecossistema inovador

Duas estudantes do Ensino Médio se destacaram em evento que promoveu ecossistema de inovação com temas como realidade mista e inteligência artificial

Sendo colocados em contato com tecnologias que estão ganhando visibilidade no mercado de trabalho, jovens do programa Projete participaram do evento Ideatech, realizado pela universidade norte-americana SingularityU. Nele, foram exploradas tecnologias exponenciais a partir de uma perspectiva voltada a estudantes do Ensino Médio de escolas públicas e particulares.

Os grupos que participaram do Ideatech tinham que desenvolver projetos tecnológicos pautados pelos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU. Para isso, foram aplicadas tecnologias como inteligência artificial (IA), blockchain, realidade mista, 5g e IOT (Internet das Coisas).

Entre os diversos jovens, duas alunas da turma 2021 se destacaram e ganharam bolsas na escola de redação Puntel e na escola alternativa Kick. O material necessário para a realização dos cursos será fornecido pelo Projete.

Ecossistema inclusivo

As jovens contempladas foram Sara Lopes, 20 anos, mãe e estudante do 1º ano do Ensino Médio, e Gabriela Batista, 17 anos e estudante do 3º ano, ambas de escola pública.

Sara, que retomou os estudos após ter um filho, integrou o Projete na busca de auxílio para a sua profissionalização futura e encarou o evento como uma oportunidade de expandir seus horizontes e conhecer sua própria capacidade. Com a bolsa, ela vai se aprofundar em técnicas de escrita, como posicionamento, criticidade e argumentação, que podem ser usadas para redações em vestibulares.

“Arrumar um horário específico para estudar foi o meu primeiro desafio quando entrei no Projete. Mas ele e o Ideatech vieram para mostrar que eu sou capaz, que eu consigo; abriram os meus olhos dizendo que eu tenho futuro, sim”, garantiu.

Gabriela, que participa de mais quatro cursos para melhorar seu currículo, terá a chance de aprimorar seu conhecimento sobre as tecnologias abordadas no Ideatech, aprendendo a montar sites e outros projetos da área.

“Vou aprender sobre tecnologias, coisa que não sei nada, e desenvolver algumas competências socioemocionais. A sensação é incrível. Depois que eu entrei no Projete e participei do Ideatech, fui aceita em mais dois cursos”, contou.

Presente e futuro

Tendo sido apenas o projeto-piloto, o Ideatech terá novas datas e será expandido em âmbito nacional. “Os temas propostos são tendências do futuro e as tecnologias exponenciais, que já estão transformando a forma como vivemos, nos relacionamos e trabalhamos. Por isso, estar em contato com esses temas ajuda os jovens a se preparem e se conectarem com as mudanças que estão acontecendo no mundo”, comenta Marina Martini, uma das idealizadoras do Ideatech.

A parceria com o Projete permanecerá nos próximos projetos realizados para disponibilizar novas vagas aos jovens da comunidade. “O fato de se destacarem está diretamente ligado com os aprendizados adquiridos no curso, como resiliência emocional, colaboração, trabalho em equipe, comunicação assertiva… Além disso, o conhecimento e a aproximação com eventos de tecnologia podem e devem despertar nesses jovens o interesse nesse ecossistema tão promissor”, conclui Marcos Desideri, coordenador pedagógico do Projete.

Leia também: Estratégia pós-Covid pode levar aluna de Ribeirão à simulação da ONU

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu Comentário
Por favor coloque seu nome aqui

MAIS LIDAS DA SEMANA

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!