Início Matérias Esportes Pilates: mentiras x verdades

Pilates: mentiras x verdades

Nos últimos anos, o pilates se tornou uma atividade cada vez mais procurada pelos benefícios que proporciona. Mas será que tudo é verdade?

O pilates é uma das modalidades que mais prioriza o bem-estar e a saúde. Sua técnica permite que o praticante desenvolva a consciência e equilíbrio corporal. A prática ainda melhora o condicionamento fisco e ajuda no fortalecimento muscular. 

Sim, a lista de benefícios é bem grande! Contudo, existem algumas “informações” que às vezes chegam aos nossos ouvidos que são falsas ou sem nenhuma evidência. Pensando nisso, esclarecemos a seguir alguns mitos e fatos. Confira!

Mentiras x verdades

1. Ajuda a crescer

Mentira! Por ser uma prática que auxilia no alinhamento postural e trabalha com o fortalecimento dos músculos responsáveis pela sustentação da coluna, muita gente acredita que o pilates faça crescer. Mas o que acontece, na verdade, é a reeducação da postura.

2. Auxilia a ganhar massa muscular

Mentira! A prática complementa muitos trabalhos para ganho muscular e ajuda a definir a musculatura, mas sem aumentar seu volume. Não há hipertrofia com o pilates. E, diferente da musculação – que trabalha apenas uma musculatura por vez, o método movimenta um grupo de músculos.

3. Faz emagrecer

Depende! Pode haver perda calórica sim! Tudo depende do foco do instrutor e do modelo de aula realizado. Os acessórios utilizados e exercícios que são feitos também influenciam. Alguns aceleram o metabolismo e fazem com algumas calorias sejam perdidas, mesmo que o corpo esteja em repouso.

4. Qualquer pessoa pode fazer

Verdade! O pilates é uma prática extremamente benéfica a todos! Entretanto, é importante sempre procurar um profissional habilitado e regulamentado para as aulas. No Brasil, apenas fisioterapeutas e educadores físicos podem fazer o curso para ministrar Pilates.

5. Ajuda a diminuir dores na coluna

Verdade! Por trabalhar o core, a modalidade auxilia no alívio de dores relativas à má postura ou outros problemas como fibromialgia, artrite e artrose. O instrutor de pilates deve estar sempre atento às particularidades e limitações de cada aluno.

Leia também: Pilates Acahdre: muito além da atividade tradicional
Veja ainda: Faça uma aula de pilates em casa com a fisioterapeuta Suelyn Gerin

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu Comentário
Por favor coloque seu nome aqui

MAIS LIDAS DA SEMANA

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!