Início Matérias Saúde Parei de comer carne, e agora?

Parei de comer carne, e agora?

O número de pessoas que optam por uma dieta sem carne vem aumentando, segundo a nutricionista Vivian Cognetti

O vegetarianismo é o regime alimentar que exclui todos os tipos de carnes da alimentação (mesmo as carnes brancas e peixes), podendo incluir ou não o consumo de ovos e laticínios. De acordo com Vivian, é notória a diminuição do consumo desse tipo de alimento devido a diversos fatores relacionados a saúde, religião, filosofia de vida, economia ou até mudanças climáticas. Mas será que a alimentação vegetariana é mais saudável?

Segundo Vivian, depende! Na retirada da carne, algumas pessoas acabam aumentando o consumo de alimentos fontes de carboidrato e, com isso, aumentam o peso, o que pode trazer prejuízos à saúde. Entretanto, quando bem estruturada, a alimentação vegetariana pode ser muito saudável como mostram alguns estudos em que os vegetarianos têm menor incidência e mortalidade por doenças crônicas degenerativas em comparação àqueles que seguem dietas não-vegetarianas.

“Os vegetarianos, segundo alguns estudos, têm menor risco de cardiopatias, menor risco de desenvolver hipertensão arterial ou diabetes e menor risco de desenvolver alguns tipos de câncer. Esses benefícios se atribuem ao fato de que, quando bem estruturada, os vegetarianos fazem um consumo elevado de vegetais, frutas, cereais, legumes e oleaginosas, além de sua dieta conter menor quantidade de gordura saturada e, relativamente, maior quantidade de gorduras boas e fibras”.

Mas e as proteínas? O que substitui a carne?

É importante combinar leguminosas com outros alimentos, como arroz, quinoa ou cereais | Foto: Freepik
É importante combinar leguminosas com outros alimentos, como arroz, quinoa ou cereais | Foto: Freepik

Todos os tipos de feijões, lentilha e grão de bico são leguminosas bastante ricas em proteínas, mas não têm todos os aminoácidos essenciais. Por isso, é importante combinar essas leguminosas com outros alimentos, como arroz, quinoa ou cereais. A montagem de um prato com diversidade de alimentos e cores garante a sua boa nutrição.

“A presença de uma fruta cítrica junto da refeição, como limão, laranja, tangerina, acerola, pode ajudar na absorção de ferro. Lembre-se de que variar os itens ao longo das refeições e dias da semana faz com que você tenha acesso a mais nutrientes”.

Estou sujeito a ter deficiências nutricionais?

Existe um estigma social muito grande de que a carne é um item fundamental no cardápio ou você terá falta de nutrientes. Hoje, sabemos que mesmo quem consome carne regularmente também está sujeito a carências nutricionais. No caso dos vegetarianos, faz-se necessária a complementação com vitamina B12 já que ela está presente apenas nos alimentos de origem animal. Demais nutrientes, como ferro, zinco e cálcio, podem ser contemplados pela alimentação quando bem estruturada e variada a dieta.

Vivian Cognetti | Nutricionista (CRN 46435)
(16) 98229.5482
vivian_cognetti@hotmail.com
@viviancognetti

Confira também: Papinha doce deve aparecer primeiro na introdução alimentar

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu Comentário
Por favor coloque seu nome aqui

MAIS LIDAS DA SEMANA

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!