Início Matérias Cultura Oscar 2021: Comece maratonar os filmes indicados à premiação

Oscar 2021: Comece maratonar os filmes indicados à premiação

Em um cenário social bastante diferente, a lista de indicados do Oscar é liderada por filmes de serviços de streaming; Confira os indicados com Mundo Zumm

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood anunciou nesta segunda-feira, 15 de março, os indicados ao Oscar 2021. Com as portas dos cinemas fechadas por conta da pandemia, os serviços de streaming se destacam entre os indicados: só a Netflix recebeu 35 nomeações, ficando com o topo do pódio. Em seguida, aparece a Amazon Studios, com 12 indicações e à frente dos tradicionais estúdios tradicionais, como Warner Bros., Disney, Focus Features, Sony e A24.

Este ano, a maior premiação do cinema será realizada no dia 25 de abril – mais tarde que o habitual, também em decorrência da pandemia. Outro efeito do atual cenário, mais além de impulsionar os serviços de streamings, foi abrir espaço para produções independentes e diversificar a lista de indicados. Entre os oito indicados na categoria de Melhor Filme, três têm protagonistas não brancos e dois, mulheres.

Confira quais obras foram indicadas e já comece a maratonar! Depois, não se esqueça de fazer suas apostas!

Indicados ao Oscar de Melhor Filme

Meu Pai

Em Meu Pai, Anthony (Anthony Hopkins) tem 81 anos, mora sozinho em seu apartamento em Londres e recusa todos os cuidadores que sua filha, Anne (Olivia Colman), tenta impor a ele. Contudo, o que seria uma ajuda se torna uma necessidade quando ela resolve se mudar para Paris. Nesse momento, o diretor Florian Zeller chama o público para pensar como o protagonista, quando ele começa a duvidar de seus entes queridos, de sua própria mente e até mesmo da estrutura da realidade.

Judas e o Messias Negro

Judas e o Messias Negro é a história de ascensão e queda de Fred Hampton (Daniel Kaluuya), ativista dos direitos dos negros e revolucionário líder do partido dos Panteras Negras. Aos 21 anos, Fred é assassinado pelo FBI, que coagiu um pequeno criminoso chamado William O’Neal para ajudá-los a silenciar Hampton. Contudo, 50 anos depois, as palavras de Fred Hampton ainda ecoam mais alto que nunca.

Mank

Adentro do universo da sétima arte, a obra Mank, da Netflix, mostra a vida tumultuada do roteirista Herman J. Mankiewicz, autor de Cidadão Kane, um dos maiores clássicos do cinema em toda a sua história. Dessa forma, aborda o conturbado desenvolvimento daquele que viria a ser celebrado pela crítica mundial por décadas como o melhor filme de todos os tempos e traz diversos pontos de reflexão sobre o mercado cinematográfico, além do processo criativo de um roteirista cético.

Minari

Narrado nos anos 80, Minari é contado a partir da história de David (Alan S. Kim), um menino coreano-americano de sete anos que se depara com um novo ambiente e um modo de vida diferente quando seu pai, Jacob (Steven Yeun), muda sua família da costa oeste para a zona rural do Arkansas. O filme é um pequeno retrato das relações familiares, em meio a sonhos, promessas, esperanças e problemas.

Nomadland

Após o colapso econômico de uma colônia industrial na zona rural de Nevada (EUA), Fern (Frances McDormand) reúne suas coisas em uma van e parte rumo a uma viagem exploratória, fora da sociedade dominante, como uma nômade dos tempos modernos. Nomadland apresenta nômades reais, como Linda May, Swankie e Bob Wells, nos papéis de mentores e companheiros de Fern em sua jornada de exploração pela vasta paisagem do oeste americano

Bela Vingança

O filme acompanha a história de Cassandra Thomas (Carey Mulligan), ex-estudante de medicina e funcionária de uma cafeteria. Assombrada por muitos traumas do passado, ela passa a frequentar bares todas as noites e finge estar bêbada e se deixa levar pelo primeiro homem que aparece para “salvá-la”. Sempre com segundas intenções, os rapazes se veem surpreendidos e assustados ao descobrirem que a verdadeira intenção de Cassandra é destruir as estruturas machistas da sociedade.

O Som do Silêncio

Durante uma série de shows de uma noite cheios de adrenalina, o baterista itinerante de punk-metal Ruben (Riz Ahmed) começa a ter perda auditiva. Quando um especialista diz que sua condição vai piorar rapidamente, ele teme por seu futuro e percebe que suas duas paixões estão em jogo: a música e sua namorada. Utilizando técnicas de design de som surpreendentes e inovadoras, o diretor Darius Marder leva o público para dentro da experiência de Ruben para recriar vividamente sua jornada em um mundo raramente examinado.

Os 7 de Chicago

A trama da Netflix, baseada em uma história real, gira em torno do julgamento de sete líderes de movimentos sociais que foram presos e acusados pelo governo americano de conspiração e incitação à violência, em 1968. O longa Os 7 de Chicago mostra as manifestações contra a Guerra do Vietnã e os diversos confrontos entre a polícia e os participantes.

Leia também: Cinco documentários na Netflix para se inspirar e empreender
Assista: Para cada mundo, um Mundo Zumm

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu Comentário
Por favor coloque seu nome aqui

MAIS LIDAS DA SEMANA

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!