Início Matérias Mercado O 'Real digital' vai substituir a moeda física? Fique por dentro!

O ‘Real digital’ vai substituir a moeda física? Fique por dentro!

Nova regulamentação do Banco Central visa implementar Real digital no país; especialista alerta que medida não significa a regulação das criptomoedas no Brasil

Recentemente, o Banco Central (BC) publicou as diretrizes que preveem o lançamento de uma moeda digital brasileira em até três anos. O objetivo é criar, juntamente com entidades do mercado financeiro, o ecossistema necessário para que o “Real digital” comece a operar.

Nesse sentido, já é importante distinguir que essa alternativa à moeda física não é uma criptomoeda, como o Bitcoin, por exemplo. Então, não está em discussão também a regulamentação desse mercado de criptoativos.

Como o objetivo do BC é colocar o Real no formato virtual, as diretrizes foram articuladas em três categorias: funcionamento, garantias legais e premissas tecnológicas. Entre os pontos para o funcionamento, foram destacados:

  • O foco tecnológico, para fomentar modelos de negócio inovadores;
  • O uso da moeda no varejo;
  • A integração das operações online com os sistemas de pagamento já existentes;
  • Um modelo de distribuição intermediado;
  • A gestão da carteira virtual similar à carteira física (por exemplo: ao manter uma nota de R$ 10 parada na carteira, ela não muda de valor; então, o mesmo deve acontecer com o Real digital).

Real digital não é criptomoeda

Para o especialista em regulação do mercado financeiro José Luiz Rodrigues, a iniciativa do Banco Central reflete o processo de modernização do Sistema Financeiro Nacional, mas não significa uma regulação das criptomoedas no país.

“O Banco Central vem debatendo as políticas de modernização desde a criação da Agenda BC#, que reúne um conjunto de ações voltadas para a organização de um ecossistema financeiro digital e seguro. Uma das grandes inovações que vieram com ela foi o Pix, por exemplo. Então, é natural que o órgão regulador passe a olhar para outras portas que se abrem a partir da digitalização crescente e do surgimento de novas tecnologias, como é o caso agora das moedas digitais”, pontua o especialista.

Leia também: WhatsApp: a solução digital que pode ajudar a salvar seu negócio

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu Comentário
Por favor coloque seu nome aqui

MAIS LIDAS DA SEMANA

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!