Início Matérias Educação Microlearning: o que é, quando e como utilizar essa metodologia?

Microlearning: o que é, quando e como utilizar essa metodologia?

Talvez você nem tenha ouvido falar desse termo. Mas o microlearning já está mais presente na sua vida do que você imagina!

Microlearning (inglês para “micro aprendizagem”) é uma abordagem de ensino que transmite pequenas doses de conhecimento em um curto espaço de tempo. Seu objetivo é construir um conteúdo complexo por meio de pequenas partes.

A ideia é gerar um aprendizado rápido e intuitivo, conectado com a realidade de um grupo específico. Para tal, utiliza linguagem simples, de fácil compreensão, e recursos multimídias, como videoaulas.

“Ele ajuda na introdução de temas e explicações de tópicos menos complexos. Mas a ideia principal é que as pessoas possam absorver conteúdos em um espaço de tempo curto, abordando os principais tópicos que precisam ser treinados”, explica Flora Alves, CLO da SG – Aprendizagem Corporativa. 

Os assuntos que são abordados são chamados de “mensagens-chave”, como explica Flora, e podem ser gravados de qualquer lugar e momento.

Microlearning corporativo

Na educação corporativa, a metodologia consiste em subdividir o conteúdo a ser estudado em pequenos blocos. Esses podem ser disponibilizados por meio de vídeos, áudios, imagens, jogos, testes, frases e textos, disponíveis a todo momento.

A chave do microlearning é que o conteúdo seja breve. “Ampliando a liberdade dos profissionais para receber o treinamento, é possível atualizar as informações que precisam ser reforçadas com mais agilidade. Assim, a aprendizagem torna-se interessante e flexível”, completa Flora.

Dessa forma, o trabalhador pode aproveitar o período gasto até chegar à empresa ou ao voltar para casa para ouvir um podcast sobre determinado conteúdo, por exemplo. Pode ainda assistir a um vídeo ou responder a uma enquete, enquanto aguarda atendimento.

O que não é microlearning?

Mas calma, porque nem tudo é microlearning!

Sabe aqueles vídeos de 45 minutos, que às vezes se fazem necessários? Não é microlearning. Nem qualquer tipo de treinamento mais extenso, que exija profundidade.

“Lembrando ainda que para ser microlearning, mesmo que o assunto seja extenso, é necessário compartimentar em vários temas e tópicos. É preciso facilitar a busca por um tópico específico”, destaca Flora. 

Leia também: Conheça 5 benefícios do Pix ainda pouco explorados
Assista: Para cada mundo, um Mundo Zumm

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu Comentário
Por favor coloque seu nome aqui

MAIS LIDAS DA SEMANA

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!