Mercado editorial e obra de Mia Couto são levados à debate

POR Redação 19 de janeiro de 2021
EDITORIAS QUE PODEM TE INTERESSAR

O escritor Alexandre Ribeiro, discutindo o trabalho de Mia Couto, e outros nomes por trás das palavras participam das atividades online e gratuitas da 40tena Cultural

Alô, alô, ávidos leitores! Anotem no calendário mais duas atividades que vão promover uma imersão ainda maior no universo dos livros. Por meio das plataformas digitais da Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto, elas terão como convidados o escritor Alexandre Ribeiro e Rafael Drummond, fundador da Editora Antofágica.

A programação faz parte do projeto 40tena Cultural, que começou em março de 2020 e já realizou mais de 100 atividades, interagindo com mais de 38 mil pessoas. A transmissão, ao vivo, será feita no site www.fundacaodolivroeleiturarp.com, no canal do YouTube (FeiraDoLivroRibeirao) e no Instagram (@fundacaolivrorp).

Inovar para superar

A 1ª atividade acontece já nesta terça-feira, 19 de janeiro, às 20h, com a discussão “Uma nova utopia: Editora Antofágica”. Na ocasião, Rafael Drummond, um dos fundadores da Editora Antofágica, abordará o momento em que o mercado de editoras está passando e a própria história da editora Antofágica. “Mesmo um mercado em crise, pode evoluir, ter êxito por meio de boas ideias e feeling”, comenta.

Ni Brisant, poeta e editor | Crédito: Divulgação

Para ele, o momento é do aparecimento de novos caminhos para contornar a situação de crise que o mercado atravessa. “Não acho que tudo isso seja uma nova utopia. Pelo contrário, é o momento de focar no trabalho e ter ideias boas, adaptando ao mercado atual e tentando fazer acontecer para que realmente aconteça”.

A atividade será mediada por Ni Brisant, poeta e editor da Editora Selin Trovoar.

Defenda Seu Best

A 2ª atividade da semana, realizada na quinta-feira, 21 de janeiro, às 19h, será o quadro fixo da 40tena Cultural “Defenda seu Best”. Dessa vez, o convidado especial é o escritor Alexandre Ribeiro, que escolheu debater sobre a obra de Mia Couto “E se Obama fosse africano?”.

“Já li outras duas obras do Mia Couto e quero levar essa ideia sobre o que é literatura. A obra tem uma proximidade com o período atual”, revela Ribeiro.

Alexandre Ribeiro, escritor | Crédito: Lucas Sampaio/Divulgação

Ele espera conduzir um bate-papo descontraído e leve, mas que expresse a profundidade da obra. Segundo o escritor, o livro aborda assuntos como países periféricos no mundo, o papel do idioma, o racismo e colonialismo. “A literatura é esse abraço: de peito aberto, são portas e caminhos que podemos entrar”, desabafa.

O encontro ao vivo será mediado pela produtora cultural Priscila Prado.

Bate-Papo: “Uma nova utopia: Editora Antofágica”
Com Rafael Drummond (fundador da Editora Antofágica) e mediação de Ni Brisant (poeta e editor da Selin Trovoar)
Data: 19/01 (terça-feira)
Horário: 20h

Defenda seu Best: “E se Obama fosse africano?, de Mia Couto”
Com Alexandre Ribeiro (escritor) e mediação de Priscila Prado (produtora cultural)
Data: 21/01 (quinta-feira)
Horário: 19h

Plataformas da 40tena Cultural
www.fundacaodolivroeleiturarp.com
Youtube (FeiraDoLivroRibeirao)
Instagram (@fundacaolivrorp)
Facebook (facebook.com/FundacaodoLivroeLeituraRP)
Linkedin (fundacaolivrorp)
Twitter (@FundacaoLivroRP)

Leia mais: Pinot Grigio: conheça os detalhes curiosos da uva e do vinho
Assista: Papo Zumm: Vinhos do Douro

TAGS
PUBLICIDADE
COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado.

MATÉRIAS QUE VOCÊ PODE GOSTAR
PUBLICIDADE
COMPARTILHE