Início Matérias Solidariedade Instituto Gente do Bem pede ajuda para manter atividades de inclusão social

Instituto Gente do Bem pede ajuda para manter atividades de inclusão social

Por meio do esporte, a instituição atende mais de 100 crianças e adolescentes; contudo, sem verba, o projeto de inclusão social enfrenta o risco de fechar as portas

Toda segunda, quarta e sábado, os moradores do bairro Ipiranga, em Ribeirão Preto, se acostumaram com os barulhos vindos da quadra localizada na Travessa Ângelo Brussolo, 135. Ali, mais de 100 crianças e adolescentes costumam se revezar na disputa da bola, encontrando no futebol uma plataforma de inclusão social e complemento à rotina escolar. Mas, desde o início do isolamento social, os gritos da torcida e a movimentação deram lugar ao silêncio. Silêncio esse que ameaça continuar mesmo depois da quarentena.

inclusao-social-3 | Crédito: Divulgação
Meninos de 6 a 16 anos participam das aulas de futebol, três vezes por semana | Crédito: Divulgação

Tendo completado um ano de existência em março, o Instituto Gente do Bem é um projeto sem fins lucrativos com o objetivo de oferecer gratuitamente práticas esportivas a jovens em situação de vulnerabilidade social.  Para isso, oferece aulas de futebol para meninos de 6 a 16 anos, com ajuda de professores voluntários, e também atividades que promovam a sociabilização dos participantes. O voluntariado, por sua vez, é característica de toda a equipe que ajuda na iniciativa.

Criado pelo cabelereiro Giomario Carneiro, que atua como presidente, a principal fonte de receita do projeto é o aluguel da própria quadra que funciona como sede, eventos beneficentes e algumas doações. Contudo, desde março, quando começou a pandemia, as atividades foram suspensas. Ou seja: tanto as aulas quanto as arrecadações pararam. Mas as contas não.

“Em situação normal, nós já sobrevivemos em uma situação complicada. Conseguimos nos manter nesse primeiro ano, mas com muita dificuldade. A pandemia só tornou a necessidade de ajuda mais urgente”, explica o presidente.

Ajude o Instituto Gente do Bem! Saiba como a seguir!

Inclusão social: um sonho antigo

Há 22 anos, quando chegou a Ribeirão Preto, Giomario logo achou no futebol uma maneira de se envolver com a comunidade na qual estava entrando. O esporte, por sua vez, tinha como ponto de encontro a quadra que hoje está sob sua administração. “Sempre tive muita vontade de desenvolver um trabalho social e vi na quadra uma oportunidade de agir. Já vinha com um trabalho de oferecer cortes de cabelo gratuitos nas comunidades, mas desejava ter uma casa, um ponto fixo. Além disso, queria oferecer uma atividade que foi tão importante para mim e que não é acessível para todo mundo”, conta.

inclusao-social-2 | Crédito: Divulgação
Todos os alunos recebem coletes para participar dos treinos de futebol | Crédito: Divulgação

Conseguir dar vida ao projeto foi, sem dúvida, a realização do sonho de Giomario. Assim como o crescimento do projeto ao longo dos primeiros 12 meses. Afinal, o projeto que começou com seis meninos, na semana anterior à paralisação já totalizava 105.

Contudo, isso não quer dizer que acabou por aí. O cabelereiro deseja acolher ainda mais crianças no projeto e oferecer diferentes atividades. “Quero muito começar a oferecer vôlei feminino. Inclusive, o projeto já tem nome: Vôlei Cristina. Uma homenagem à minha irmã, que faleceu de câncer”, revela.

Mais sorrisos

inclusao-social-4 | Crédito: Divulgação
As aulas acontecem em uma quadra alugada | Crédito: Divulgação

A importância social do Instituto Gente de Bem na vida de cada um de seus participantes não é notada ou se restringe apenas aos momentos vividos na quadra. De acordo com Luciene de Paula Costa Silva, que tem filho e enteado participando do projeto há oito meses, os reflexos são, inclusive, comportamentais. “Meu filho Yuri era um menino muito fechado, tímido. Mas, por meio do Gente do Bem, ele começou a se soltar mais, conversar mais. Até a sorrir mais. Então, isso provocou uma mudança muito grande nele, até dentro de casa”, lembra.

Elogiando os professores voluntários, ela afirma que questões de disciplina também são trabalhadas com as crianças, assim como a inclusão social. “Criança na rua é problema. Eu não gosto. Então, o projeto oferece vários benefícios ao mesmo tempo: distração e aprendizado para eles; a disciplina que o professor oferece, além de ensinar futebol; e me ajuda a administrar o tempo livre deles”, garante a mãe.

Os meninos de 10 e 11 anos, por sua vez, gostam tanto de fazer parte do Instituto, que tiveram o horário escolar trocado do período da tarde para o da manhã, a fim de que pudessem frequentar às aulas de futebol nos três dias disponíveis. “O projeto está fazendo muita falta para eles. As aulas são muito boas e também as atividades especiais que são promovidas. Não vejo a hora de voltar e colocar o meu filho mais novo também”.

O preço da inclusão

Se socialmente o Instituto Gente do Bem proporciona muitos ganhos, para que ele exista são gerados muitos boletos. Isso porque existem várias despesas associadas à manutenção de um projeto como esse. Entre os gastos fixos, estão o aluguel da quadra e as contas de luz, água e internet, que totalizam algo como R$ 9 mil mensais.

inclusao-social-92 | Crédito: Divulgação
Entre as ações desenvolvidas pelo projeto, as crianças foram levadas gratuitamente ao circo | Crédito: Divulgação

Para “manter o projeto vivo”, como define Giomario, ele aluga a quadra nos momentos em que ela não está sendo usada pelo projeto. Contudo, ele mesmo paga um aluguel para usá-la como sede. “Então, agora, como ela está totalmente fechada, corremos o risco de ter que devolvê-la, por assim dizer. Porque eu não sei até quando os proprietários aceitarão a suspensão dos pagamentos. Por enquanto, eles aceitaram. Mas não sabemos até quando isso será possível”.

A outra fonte de renda são ações beneficentes, como rifas e eventos (realizados na própria quadra), a exemplo do almoço de Dia das Mães, feijoada de aniversário e festa junina, a qual já estava com a edição de 2020 agendada, mas teve que ser cancelada. Inclusive, seria com a arrecadação desse evento que o Instituto previa comprar uniformes para meninos. Mas a encomenda precisou ser suspensa.

inclusao-social-91 | Crédito: Divulgação
Café da manhã servido para as crianças | Crédito: Divulgação

As doações também são as responsáveis por um café da manhã servido aos alunos nos sábados e pelos materiais esportivos cedidos àqueles que realmente precisam, como chuteiras e coletes, além dos necessários para as aulas.

“Nossa vontade seria, por exemplo, servir esse café da manhã em todos os dias de aula. E, cada vez mais, realizar diferentes atividades com eles, como as festas de Páscoa e Natal e a ida ao circo, que já conseguimos.  Mas, infelizmente, nas condições em que atuamos, não tem como. No sábado só conseguimos oferecer a alimentação porque temos parceria com um varejão e uma padaria”, conta Giomario.

Como você pode ajudar

“Para conseguirmos ajuda governamental, precisamos ter uma atuação mínima de três anos. Então, até lá, precisamos contar com as doações para continuar esse trabalho de inclusão social que é tão importante para tantas crianças e adolescentes. Podemos nos tornar um projeto muito maior, mas precisamos do apoio de Ribeirão Preto”, explica o presidente do projeto, que solicita o auxílio de pessoas físicas e entidades.

inclusao-social-5 | Crédito: Divulgação

Todos os tipos de doação são bem-vindas, mas existe uma urgência de viabilizar economicamente o Instituto. Por isso, foi aberta uma conta no banco para aqueles que desejam doar qualquer quantia:

Instituto Gente do Bem (CNPJ: 34.439.525.0001/40)
Banco do Brasil
Agência: 1184-3
Conta corrente: 39.075-5

Diante da urgência, o projeto também criou uma vaquinha online. Clique aqui e contribua! Toda ajuda é uma chance a mais para o Instituto Gente do Bem continuar com as portas abertas.

inclusao-social-7 | Crédito: Divulgação

Leia mais: Conecta Ribeirão: Oportunidade com solidariedade
Assista: 5 dicas para ser a solução e não o problema na crise

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu Comentário
Por favor coloque seu nome aqui

MAIS LIDAS DA SEMANA

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!