Início Matérias Saúde Você pode ter problemas de visão e ainda não sabe

Você pode ter problemas de visão e ainda não sabe

Exames de rotina são essenciais para verificar a saúde dos olhos. Assim, caso problemas de visão sejam detectados, é possível adotar os tratamentos corretos

O início do ano é um período propício para a realização de exames de rotina e para verificar se a nossa saúde está em dia. Mas, de fato, muita gente se esquece de incluir uma parte muito essencial na lista: o check-up dos olhos! Só com ele é possível prevenir possíveis problemas de visão ou tratá-los corretamente.

De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), aproximadamente 35,7 milhões de pessoas no Brasil sofrem com algum distúrbio visual – podendo ter um ou mais ao mesmo tempo.

Contudo, cada distúrbio provoca uma dificuldade diferente na formação da imagem e, consequentemente, na maneira que sofremos com o problema.

“A diferença é onde forma a imagem dentro do olho. Na hipermetropia, por exemplo, a imagem forma depois da retina e o paciente enxerga embaçado para longe e perto. Na miopia, a imagem forma antes da retina e a visão fica ruim para longe. Já no astigmatismo, formam duas imagens antes ou depois da retina e o paciente enxerga tal imagem com uma sombra ou levemente duplicada”, explica Roberto Pinto Coelho, oftalmologista do Grupo São Francisco (parte do Sistema Hapvida).

Como resolver os problemas de visão

O tratamento dos distúrbios, segundo o oftalmologista, depende de cada situação. Normalmente, ele pode ser realizado por meio do auxílio de óculos e lentes para correção da visão ou ainda por uma cirurgia.

problemas_de_visao_hapvida_oftalmologista
Dr. Roberto Pinto Coelho, oftalmologista do Grupo São Francisco | Foto: Divulgação

“Podemos indicar óculos, lentes de contato ou cirurgia refrativa para tirar o grau. Se o paciente tiver catarata, é possível retirá-la e implantarmos uma lente dentro do olho com o grau do paciente (lente intraocular)”, observa Coelho.

Por outro lado, o especialista alerta que, por mais que tratamentos por meio do uso de lentes de contato e cirurgia sejam seguros, precisam ser realizados de forma cuidadosa.

“As lentes de contato não são recomendadas se o paciente não tiver condições de cuidá-las ou manuseá-las adequadamente, como no caso de crianças. Outras contraindicações envolvem casos em que o paciente tenha olho seco, inflamações ou doenças oculares. A cirurgia com laser também corrige todos esses tipos de problemas e é muito segura, mas precisa ser bem indicada e verificar se não há contraindicação para a cirurgia”, destaca o oftalmologista.

Leia também: Lentes de contato dental: é seguro usar?
Descubra ainda: Você sabia que muitos exames de sangue não precisam de jejum?

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu Comentário
Por favor coloque seu nome aqui

MAIS LIDAS DA SEMANA

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!