Energia solar: Investimento hoje, economia amanhã

POR Redação 22 de outubro de 2021
EDITORIAS QUE PODEM TE INTERESSAR

Mais que nunca, a energia fotovoltaica é a melhor opção energética para quem deseja economizar no dia a dia e ainda colaborar com o meio ambiente

Cada vez mais, práticas alinhadas ao chamado ESG (sigla para “environmental, social and corporate governance”) vêm ganhando espaço e valor no mercado. Com isso, muito mais que uma alternativa ecológica, a energia fotovoltaica se tornou uma forma de investimento, já que, além de ser uma fonte de energia sustentável, gera economia.

Ao mesmo tempo em que é um aspecto atrativo, a economia gerada pelo sistema ainda confunde muita gente. Como é possível? Até porque, à primeira vista, instalar as placas pode não parecer barato.

“Realmente, é necessário planejamento para a instalação. Contudo, em pouco tempo, o valor aplicado na compra do sistema é pago pela economia que o usuário tem na conta de energia. A conta de luz passa a ser tão barata, que, com o tempo, ele só ganha. Por isso, energia fotovoltaica é um investimento”, explica Paulo Pereira, diretor comercial da Beqmax, empresa responsável pela realização de projetos solares residenciais, comerciais e industriais.

Beqmax realiza projetos de energia fotovoltaica residenciais e comerciais | Foto: Divulgação
Beqmax realiza projetos de energia fotovoltaica residenciais e comerciais | Foto: Divulgação

Esses projetos, inclusive, podem ser usados para exemplificar, com números reais, como a economia acontece na prática:

  • Em uma instalação realizada em uma casa em Atibaia (SP), por exemplo, com um sistema de 30 módulos e potência de 13.5kWp, os moradores estão economizando 1.700kW por mês, o que significa uma conta de luz mensal até R$ 1.550 mais barata.
  • Já em um supermercado, em Guariba (SP), foram instalados 70 painéis com 26.91KWp de potência. O resultado mensal vem sendo a economia de 3.500KW e cerca de R$3.150.

Os benefícios financeiros da energia fotovoltaica, que é baseada em uma fonte sustentável, gratuita e inesgotável, ganham ainda mais valor ao analisarmos o contexto brasileiro atual, no qual há crise hídrica e escassez energética, que resulta não só em tarifas de energia mais caras, mas até em cortes e apagões.

“Hoje, a energia fotovoltaica é uma opção bastante viável. Mas vale ressaltar que a economia deve ser resultado ‘do’ sistema e não ‘no’ sistema. É primordial contratar profissionais capacitados e que utilizem materiais de qualidade e certificados. Quando falamos de placas fotovoltaicas, o barato pode sair caro e também perigoso”, alerta Breno Tesser, engenheiro da Beqmax.

(16) 9 9311.7353 / (16) 9 9730.5573
contato@beqmax.com.br
@beqmax
www.beqmax.com.br

Leia também: Descubra como contribuir para seu condomínio ganhar o “selo verde”

TAGS
PUBLICIDADE
COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado.

MATÉRIAS QUE VOCÊ PODE GOSTAR
PUBLICIDADE
COMPARTILHE