Início Matérias Esportes Corrida de São Silvestre vem aí: quais cuidados tomar?

Corrida de São Silvestre vem aí: quais cuidados tomar?

Especialista dá dicas de como se preparar para a prova, após a suspensão no ano passado

A tradicional Corrida Internacional de São Silvestre chega a sua 96° edição em 2021. Mas a prova, que acontece no próximo dia 31, tem um sabor especial para os competidores. Afinal, a corrida foi suspensa no ano passado, por conta da pandemia de Covid-19. Mas, com um período de longo de inatividade, os atletas – principalmente os amadores – precisam tomar certos cuidados.

“Dois anos de inatividade física é muito tempo e o corpo sente o resultado de forma negativa, principalmente se tratando de estrutura e até questões hormonais e metabólicas”, afirma Mário Maia, personal trainer da Acahdre. Nestes casos, é importante que o atleta faça uma avaliação física, além de passar por um cardiologista, antes de iniciar seus treinos.

Maia destaca que outro fator importante neste momento é o psicológico. Controlar os níveis de ansiedade é essencial para quem quer retomar a prática de atividades físicas com segurança. Segundo ele, a falta de controle psicológico, aliada ao nível de estresse e ansiedade do atleta, podem trazer sérios prejuízos.  

“A pessoa tinha o hábito de correr, mas parou na pandemia e agora quer voltar com tudo, pela ansiedade do retorno. Ela pode ultrapassar as sessões de treinamento, achar que consegue fazer determinado exercício, correr uma quilometragem maior ou correr mais rápido. E, nessa ganancia, ela se lesiona, porque a estrutura não está trabalhada ou treinada”, explica.  

Dicas para o retorno das corridas

“Risco de lesão para quem estava inativo é muito alto e, infelizmente, acontece frequentemente. O atleta não tem o controle da ansiedade e quer voltar imediatamente e do jeito que estava antes”, reforça. Maia explica que, durante o período de inatividade, as articulações não estão mais preparadas para receber tais estímulos. “São várias articulações envolvidas e um período inativo pode causar frouxidão ligamentar ou fraqueza.”

Para evitar lesões ou problemas neste retorno, Maia dá algumas dicas importantes para os atletas:

Procurar um cardiologista

Cuidar das questões cardíacas e cardiovasculares é primordial e uma dica de ouro para quem vai voltar a praticar atividades físicas.

Alimentação saudável

Comer bem faz com que o corpo responda melhor, além de limpar todas as toxinas presentes. O organismo, a parte hormonal e a funcionalidade dos órgãos melhoram com a alimentação balanceada.

Treinamento

Treinar e fortalecer o tecido muscular, além de trabalhar a mobilidade das articulações são fundamentais. Além disso, é indispensável fazer sessões de alívio de tensões de dores, treinamentos específicos de corridas e alongamento.

Leia mais:

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu Comentário
Por favor coloque seu nome aqui

MAIS LIDAS DA SEMANA

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!