Agora é que são elas!

A liderança da mulher no mercado de trabalho, mais que uma tendência, é uma realidade eminente, desejável e necessária tanto em países desenvolvidos quanto em desenvolvimento. E o Brasil não é uma exceção!

Esta primeira edição da revista Mundo Zumm em 2021 traz tanto da capa, como em seu recheio, figuras femininas importantes em diferentes setores. Encontramos, assim, uma maneira de aplaudir e incentivar essa visão tão necessária no mercado de trabalho, principalmente em um momento no qual o mundo precisa da força e da sensibilidade que só elas têm.

A seguir, nossas convidadas falam sobre suas áreas de atuação, o que as realiza profissionalmente e aonde pretendem chegar.

Sandra Picinato

098_Mulheres Empreendedoras_
Sandra Picinato | Crédito: Rafael Cautella

Formada em Administração de empresas, Sandra Picinato atua no comércio varejista há 38 anos. É sócia (ao lado da irmã Silvia) da SBS Motos, rede de lojas de acessórios e autopeças para motociclistas, que possui sete unidades em Ribeirão Preto.

Segundo a empresária, estar em um mercado dominado por homens envolve muitos desafios, os quais ela sempre fez questão de enfrentar usando a paixão que sente pelo o que faz.
Casada e mãe de dois filhos, ela é a primeira mulher após 117 anos a participar da diretoria executiva da ACIRP (Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto).

“Estou sempre a postos para participar de grupos e ações que possam agregar à minha vida profissional e pessoal. Faço parte do Lide Mulher e não abro mão de estar engajada em causas sociais”.

Sobre o ano atípico de 2020 e o novo que se inicia, Sandra ressalta que é preciso estar preparada para crises e oportunidades, sempre! “Antes da pandemia, operávamos de uma maneira muito convencional. Isso mudou para que a empresa pudesse se adaptar à realidade atual. Durante essa crise, me aproximei muito dos motociclistas, verdadeiros heróis, que trabalharam enquanto ficávamos em casa. Hoje contamos com sete lojas e, em 2021, meu objetivo é abrir mais seis. Acredito que nada acaba e, sim, muda a maneira de ser”.

Raquel Pagano

098_Mulheres Empreendedoras_Foto 0001 (4)
Raquel Pagano | Crédito: Rafael Cautella

Gerente comercial na Construtora Pagano, Raquel Pagano se considera muito realizada profissionalmente. Após 10 anos administrando clínicas odontológicas, ela, que é dentista por formação, foi convidada a entrar no mercado imobiliário, setor que se apaixonou logo de início.

“Foi bem desafiador e até hoje muito gratificante! O mercado imobiliário é um segmento muito concorrido e difícil, porém, tive a ‘sorte’, desde que entrei nesse ramo, de ter lançado empreendimentos que foram sucesso de vendas. Quando iniciamos o desenvolvimento de um projeto pensamos em cada detalhe, fazemos tudo com muito capricho e zelo para os nossos clientes. Quando vejo no sorriso das pessoas que nos confiaram o sonho da sua casa, considero isso minha melhor conquista”.

Raquel ressalta que, em sua opinião, a mulher empreendedora, empresária e líder traz consigo a paixão em fazer bem, fazer o certo, e sempre buscar o melhor. “Somos inspiração para nossas seguidoras, nos entregamos de corpo e alma aos desafios e oportunidades, superamos obstáculos e paradigmas para entregar aquilo que acreditamos. Somos fortes, guerreiras e referências para nossas equipes, parceiros e colaboradores que acreditam na superação e na força do trabalho”.

Ela finaliza afirmando, que, no futuro, pretende continuar buscando capacitação profissional e aprendendo muito em suas jornada, para assim ser referências e ter relevância no mercado. “Sempre amando aquilo que faço, pois, assim, além de me fazer bem, tenho certeza que ajudarei no crescimento das pessoas a minha volta”.

Maura Robusti

098_Mulheres Empreendedoras_Foto 0001 (3)
Maura Robusti | Crédito: Lidia Muradas

Maura Robusti se formou em Direito, mas encontrou nas áreas de RH e Marketing seu caminho profissional. Ao lado do marido Stelio, ela comanda o Grupo Robusti, rede de lojas especializada em mobiliário, destacando que a empresa (que completou 90 anos) possui um quadro de funcionários predominantemente feminino. “São 65% dos cargos ocupados por mulheres, sendo 70% gerenciais”.

A administradora revela que sua maior conquista é o equilíbrio entre o trabalho e a família, pois, em meio a tantas demandas, definir prioridades é um grande desafio. “Meu projeto principal e do meu marido sempre foi priorizar a família, ter tempo para efetivamente criar os nossos filhos. Percebo claramente que a parceria que tenho com ele na vida pessoal migrou naturalmente para o profissional e sempre foi muito harmoniosa. Ter alguém que te apoia, entende e ajuda, nos abre chances maravilhosas de desenvolvimento e crescimento”.

Outro ponto importante para Maura é prezar por um ambiente de trabalho saudável e leve. “A nossa equipe gerencial, formada pela Silvia, Cristina, Maria Amélia, Rita, Sandra, Valéria e Marcia, é fantástica e altamente comprometida com os valores da empresa. Somos engajadas, determinadas, aceitamos ideias, queremos a colaboração das equipes e adoramos discutir qualquer assunto. Somos únicas, mas não somos melhores que homens, apenas diferentes”.

Sobre os planos para 2021, ela revela que, além de estudar, focará em um projeto institucional batizado de “É tudo sobre ser … humano”, buscando pelo engajamento maior em ações voltadas à sustentabilidade dentro da empresa.

Victoria Vendramini

098_Mulheres Empreendedoras_
Victoria Vendramini | Crédito: Rafael Cautella

Estilista e dona de sua marca própria de roupas, Victoria Vendramini afirma que faz parte da pequena parcela de pessoas sortudas que ama tanto o que faz que nem percebe que está trabalhando. “Comecei aos 22 anos. No início, eu não tinha um plano de negócios, nem nada do tipo. Eu era muito nova, mas mesmo assim abracei as oportunidades, como as pessoas que apareceram no meu caminho e me ensinaram muito! É muito difícil empreender em um segmento em que encontrar mão de obra de qualidade não é tarefa simples. Meus pais sempre me deram muito apoio e me ajudaram nesse início”.

Victoria ressalta dados da ABIT (Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção), que mostram que o Brasil é a maior Cadeia Têxtil completa do Ocidente e cerca de 75% de sua força de trabalho do mercado de moda é feminina. “Isso é um orgulho! Minha marca vem crescendo e sonho muito, mas sempre com os pés no chão, dando um passo de cada vez. Durante a pandemia, minha maior dificuldade foi com fornecedores e matéria-prima esgotada, sem previsão de chegar e muitos atrasos. Foi um período muito difícil que tive que aprender a lidar com a minha ansiedade, medo e incerteza, mas estou otimista para 2021”.

Comente a Respeito

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu Comentário
Por favor coloque seu nome aqui

Rede Social

11,656FãsCurtir
28,890SeguidoresSeguir

Muito +

Hard Rock Cafe abre suas portas em Ribeirão Preto

Dezembro é o novo mês do rock, pelo menos em Califórnia brasileira. A maior e mais antiga rede de restaurantes temáticos no...

Como escolher uma empresa de aparelhos auditivos?

É essencial buscar por lugares idôneos e comprometidos em prover os recursos tecnológicos da forma correta e com o devido acompanhamento profissional

50 anos de uma história bem vivida

O curso de Educação Física da Unaerp, fundado em 1970, forma gerações de professores e profissionais competentes e capazes de atender às...

Empresas precisam encontrar novos caminhos para chegar ao público

Em tempos de crise, os negócios e as marcas que souberam reinventar suas ações de marketing conseguiram manter o engajamento e alavancar...

Drinks com champagne

Primeiro espumante do mundo a ser criado para mixologia, o Veuve Clicquot Rich é perfeito para criar composições refrescantes
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!