Agenda ESG e desafios do agro são temas de imersão em 28/10

POR Redação 20 de outubro de 2021
EDITORIAS QUE PODEM TE INTERESSAR

FENASUCRO & AGROCANA TRENDS promove imersão de conteúdo com grandes nomes do setor como Paulo Artaxo e Cassiano Ávila a partir das 16h

O agronegócio, setor que mais cresce no Brasil e que representa 26% do PIB nacional, enfrenta o desafio de manter os recordes atingidos e integrar esse desempenho a práticas sustentáveis. Para discutir essa questão essencial para o setor, a FENASUCRO & AGROCANA TRENDS promove uma experiência de imersão em conteúdo sobre a agenda ESG e os desafios para o agro.

Com o tema A agenda ESG, a demanda por energia limpa e o agronegócio – Como associar questões estratégicas para o meio ambiente à demanda por alimentos e energia do mundo?, a imersão acontecerá no dia 28 de outubro, a partir das 16h.

As inscrições para o evento on-line são limitadas podem ser feitas no link https://bit.ly/3G3BpDB. A transmissão será exclusiva para quem estiver cadastrado.

Questões centrais como emissões de carbono, uso da água e porcentagem de redução da energia usada, assim como iniciativas ligadas ao bem-estar de profissionais, fornecedores e clientes, além de questões como diversidade e transparência tributária, serão debatidas durante a experiência.

Entre os convidados está Paulo Artaxo, professor do Instituto de Física da Universidade de São Paulo (USP) e um dos líderes do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC). O pesquisador é uma das maiores referências mundiais sobre aquecimento global e debaterá o tema com:

  • Eduardo Bastos, head de sustentabilidade na Bayer Crop Science;
  • Cassiano Ávila, subsecretário de Infraestrutura da Secretaria de Meio Ambiente e Infraestrutura do Estado de São Paulo;
  • e Renato Zanetti, superintendente de Excelência Operacional da Tereos.

A mediação do evento será de Marcos Fava Neves, consultor e professor da FEA-USP Ribeirão Preto e da FGV.

Imersão no futuro

O Brasil já dá importantes passos em direção a um desenvolvimento sustentável, mas ainda enfrenta desafios para ampliar as soluções em energia limpa e as estratégias de negócios alinhados às melhores práticas ambientais no setor agro.

É fundamental que as organizações tenham foco nesses temas, principalmente quando o agronegócio atinge recordes de volume e de receita com as exportações, com respectivos crescimentos de 10% e de 4% em 2020.

Paulo Montabone, diretor da FENASUCRO & AGROCANA, ressalta a importância de promover o debate na área da sustentabilidade. “Esse é um dos principais desafios da indústria de bioenergia e do agro em geral. Quem estiver preparado e alinhado a essas práticas vai se diferenciar no mercado, não só no Brasil, mas no mundo”.

Leia também: Mario Sergio Cortella volta a Ribeirão para o Business Day

TAGS
PUBLICIDADE
COMPARTILHE

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado.

MATÉRIAS QUE VOCÊ PODE GOSTAR
PUBLICIDADE
COMPARTILHE