Início Colunas Desenvolvimento Pessoal A Programação Neurolinguística e os vestibulares

A Programação Neurolinguística e os vestibulares

Controle sentimentos limitantes para alcançar resultados excepcionais!

A época de vestibulares pode provocar grande ansiedade no seio familiar. Os tutores, aguardando a desejada aprovação dos vestibulandos e, estes, no anseio de atender àquela expectativa, além de obter a aprovação na tão sonhada faculdade, seja ela qual for, dentre tantas profissões existentes no século XXI.

Mas como controlar esta ansiedade e outros sentimentos negativos? Existem dentro de nós recursos que nos possibilitam alinhar estratégias para atingir resultados desejados. Por exemplo, faça uma viagem no tempo e lembre-se de como foi quando você decidiu que queria muito algo e estava determinado a conseguir. No que você pensava? Quais eram as suas estratégias? Quais eram os sentimentos que te moviam?

É normal gostarmos de algumas coisas e não de outras. Nesse caso, em vez de direcionar energia para os obstáculos, coloque seu foco no resultado final. Feche os olhos e faça uma breve viagem ao futuro. Imagine como será quando você for aprovado e realizar esse sonho.

Durante a vida, somos programados e nos programamos. Assim, acessamos registros positivos e negativos. Às vezes, você se percebe dizendo “eu não consigo” ou “essa matéria é muito difícil”? Essas são programações e elas direcionam nossas ações.

A parte boa é que a nossa máquina chamada cérebro pode ser reprogramada! E é isso que faz a Programação Neurolinguística. Ela nos auxilia a programar a nossa mente, por meio de nossas palavras. Essa é a verdadeira liberdade emocional!

Lilian Pellizzon

Lilian Pellizzon
Treinadora do Instituto Você

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu Comentário
Por favor coloque seu nome aqui

MAIS LIDAS DA SEMANA

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!