Início Matérias Educação 5 dicas para ajudar você a escolher a escola do seu filho

5 dicas para ajudar você a escolher a escola do seu filho

Conhecer a proposta pedagógica, o corpo docente e os valores de cada escola são pontos fundamentais a serem ponderados antes de tomar a decisão

O fim do ano marca não só a conclusão de um ciclo, como, ao mesmo tempo, o início de uma nova fase: a busca pela 1ª ou de uma nova escola para os filhos. É um momento de grande dúvida e apreensão dos pais, já que envolve muitos aspectos e possui grande significado na vida familiar.

É claro que fatores como localização, preço e espaço são relevantes na hora de escolher uma instituição. Mas há outras informações essenciais que devem ser consideradas, como a proposta pedagógica para 2021, a formação da equipe de docentes e colaboradores, e os valores que o colégio defende. Todos esses são fatores fundamentais para se ter bons resultados no processo ensino-aprendizagem.

De acordo com Roberta Fardin Bianchi, diretora do Colégio Marista Champagnat, de Ribeirão Preto, a decisão por uma escola tem que ser bem pensada e ponderada.

“É preciso avaliar a questão financeira, porém, os valores que são indispensáveis para a família devem realmente prevalecer na escolha. A formação será determinante na formação das crianças”, avalia.

A seguir, confira 5 dicas dadas pela diretora para ajudar pais e responsáveis a tomarem essa decisão:

1. Valores

Avaliar se os valores da escola coincidem com os familiares é primordial. Como o colégio aborda a religiosidade, a excelência acadêmica, a formação humana, entre outros pontos, são aspectos importantes na hora de escolher.

2. Metodologia

Entender como é a abordagem pedagógica da escola, ou seja, quais as técnicas que serão usadas para ensinar precisa estar na lista. Além disso, conhecer o espaço físico da sala de aula e como é usado, os tipos de avaliações realizadas e quem as elabora são outros pontos a se considerar. Nesse quesito, tem ainda como é o uso da tecnologia, como é feito o apoio pedagógico e a orientação de estudos.

3. Formação da equipe

Os professores e os colaboradores da escola devem ser capacitados para as atividades que exercem. Também é interessante avaliar como acontece o processo de formação continuada da equipe para o desenvolvimento do trabalho pedagógico.

4. Equipe experiente

A formação dos professores é algo que deve pesar na escolha da instituição de ensino. Avalie qual é a política de seleção da equipe, qual o nível de educação mínimo exigido e se há investimento na continuidade dos estudos para que se mantenham atualizados.

5. Escola integral

Se seu filho precisa passar mais de um período na escola, lembre-se de conhecer as atividades oferecidas no contraturno, a exemplo da organização dos estudos e os projetos. Aulas especiais e extracurriculares também precisam ser conhecidas, já que são igualmente importantes para a formação da criança.

Feitas todas as avaliações e escolhida a escola que melhor se adequa a realidade da família, é interessante visitar o colégio em momento de funcionamento das atividades. Isso permite checar se a realidade está de acordo com as promessas e pode ser decisivo para efetivar a matrícula.

Leia ainda: Jogos de cartas unem doses certas de educação e diversão
Assista também: A moda brasileira pós pandemia

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu Comentário
Por favor coloque seu nome aqui

MAIS LIDAS DA SEMANA

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!