Início Matérias Cultura 40 anos sem John Lennon

40 anos sem John Lennon

Embora quatro décadas tenham passado desde a morte de John Lennon, suas criações continuam vivas, bem como sua importância no cenário cultural

Por José Carlos Pimentel (@rockbluesribeirao)  

Em 8 de dezembro de 1980, o músico John Lennon foi morto a tiros quando voltava para seu apartamento, no Edifício Dakota, em Nova York (EUA). O assassino era, então, um homem que se declarava como fã e que dias antes havia conseguido um autógrafo.

Lá se foram 40 anos desse trágico momento, que marcou o cenário e a história musical. Mas, junto com a banda britânica The Beatles, Lennon transcendeu a sua morte e elevou o rock e a música pop a um patamar artístico inigualável. 

John Lennon | Crédito Freddy Batista/Divulgação
Exposição de fotos do John Lennon no MIS | Crédito Freddy Batista/Divulgação

O mesmo sucesso foi, inclusive, obtido no seu tempo de carreira solo, quando seus álbuns e canções continuaram marcando época. Entre os clássicos que escreveu, “Imagine” está entre as mais lembradas, com sua letra tendo forte significado independentemente de onde é tocada: “Imagine there’s no heaven/ It’s easy if you try/ No hell below us, above us only sky” (em português, “Imagine não haver o paraíso/ É fácil se você tentar / Nenhum inferno abaixo de nós, acima de nós, só o céu”).

Outra marcante é “Give Peace a Chance”, especialmente quando John canta “All we are saying is give peace a chance” (“Tudo o que estamos dizendo é dê uma chance à paz”.)

É incrível a mensagem que ele deixou no mundo – tão atual quanto quando foi escrita!

Mais sobre John Lennon

Se você quer conhecer mais sobre esse grande artista, minha dica é a exposição “John Lennon em Nova York por Bob Gruen”, no Museu da Imagem e do Som de São Paulo (MIS). Ela fica em cartaz até 31 de janeiro de 2021. 

Por meio de uma curadoria inédita para o Brasil, assinada pelo jornalista Ricardo Alexandre, a exposição mostra fotografias feitas por Bob Gruen, um dos maiores fotógrafos da cena rock’n’roll.

John Lennon | Crédito Freddy Batista/Divulgação
Exposição de fotos do John Lennon no MIS | Crédito Freddy Batista/Divulgação

As imagens documentam a vida de John Lennon no período em que ele morou em Nova York. Nelas, Gruen explora não apenas a relação de John Lennon com Yoko Ono durante os anos 1970, mas também suas diferentes facetas: pai, ex-Beatles e rock star no auge da fama.

Leia também: Menina de Ribeirão Preto ilustra livro da autora de Harry Potter
Assista: Salada Refrescante de Melancia

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu Comentário
Por favor coloque seu nome aqui

MAIS LIDAS DA SEMANA

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!